Pescador

O pescador é um homem azarado:

quando nasce já é amaldiçoado,

pois todos os dias vai para o mar

sem nunca saber quando irá voltar.

*

Lá vai rede, lá vai rede

de novo e de novo,

mas são raras as vezes que vem algo de valioso.

Lá vai a linha, lá vai a linha

com a esperança de apanhar alguma sardinha.

*

Oh pescador! Oh pescador, que mal fizeste tu

para a vida ser tão dura como as escamas de atum?

*

André Rodrigues, 12º 55

Docente: Carla Martins

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s